Efeitos

 Retrato de uma francesa – 1946 –  Pablo Picasso


         É assombroso o efeito que tudo me causa. Chuva, sol, vento ou até mesmo um sorriso já conseguem mexer com meu dia, deixando-o mais feliz… Mas a falta de tudo também me causa um enorme efeito. Me deixa morna, meio pra lá e meio pra cá, assim, sem saber de nada e querendo tudo, ao mesmo tempo.
Aquele calor do abraço me faz falta, sabia? A risada das bobagens também me deixa uma dorzinha de saudades. E as horas corridas, que voavam na tarde e na noite – porque dia era pra dormir – também deixaram marcas.
Pior de tudo é não ter a cumplicidade, a parceria, essa sensação de completar o quebra-cabeça… Sinto tanta falta! E essa falta me dói por dentro, me deixa sem respirar direito, inquieta!
A falta me machuca. A gotinha da chuva, o calor do sol e o passar do vento tão aí pra compensar a falta e me curar. Depois de vocês, só eles me fazem sentir viva…

Leave a Reply